16/10/2011

13 horas ou (bem) mais.. ou o dobro


Era 00:23 de sábado quando sentei na poltrona do ônibus que me levou de Santa Maria ao aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre. Quatro horas de viagem. Barbadinha. Nada demais, tudo dentro do planejado... mais duas horas de vôo, eu estaria em Londrina.
Não sou daquelas pessoas que adora viajar de avião. Cheguei ao aeroporto da capital gaúcha com aquela ansiedade de quem vai voar mais uma vez e não gosta muito da ideia. Mas, ok, é a vida. Café da manhã de boa no McDonalds: dois pães de queijo e um capuccino. Uns cigarros ali fora e fui pro embarque. Nada mais do que ter que tirar o cinto, e quase perder as calças na frente dos outros passageiros, me impediu de embarcar no avião. Mas eu não tinha ideia do quanto eu ainda ia viajar.

Entrei num avião pequeno, porém simpático. Me acomodei com meu livro no colo. Meu livro não, o livro Conversas com Woody Allen. Tentei me concentrar nele durante a decolagem, manobra e tudo mais. Logo em seguida rolou um café da manhã. Sanduíche, croissant, suco (bem bom até, né?). Uns trinta minutos depois o avião começou a descer (avião pequeno sacode um pouco)... mas acho que peguei no sono, pois acordei com o "motora" do avião dizendo que íamos ficar alguns minutos esperando abrir o aeroporto de Londrina em Chapecó-SC. Massa. Dormi. Acordei um tempo depois com outro aviso: o aeroporto de Londrina não abriria tão cedo. A empresa locaria uma van para seguirmos viagem. Beleza.
Desembarquei e ao entrar na sala de desembarque perguntei para a moça que, simpaticamente, nos recepcionou quanto tempo levaria. Ela sorriu e disse que levaria umas 7 horas de viagem, o que desencadeou uma risada coletiva nos passageiros. Estávamos a quarenta minutos de vôo de londrina... agora o tempo que nos separava do destino parecia irreal... só precia... era bem pior.
Por volta das 11h da manhã chegou o micro ônibus que nos trouxe. (ganhamos de "brinde" R$ 15,00 para gastar no bar do aeroporto de Chapecó, menos mal..)

Então eu consegui acessar a internet para conseguir avisar que não estaria em Londrina no horário previsto. A Tati foi até bem paciente com a situação...

Mas, né? Chega de enrolar...

Vou contar pra vocês que a viagem de micro ônibus levou mais de doze horas. E minha vinda a Londina demorou quase 24h.. cheguei no festival perto da uma da manhã (descontando o horário de verão). Cheguei ao aeroporto de Londrina de ônibus e lá estavam Tati, Karine e Fabio com sorrisos bonitos me esperando (o que agradeço muito).

Kareka Ricordi (Macondo Circus - Santa Maria - RS)
Foto: Karine Benatto

2 comentários:

joão vitor disse...

Amei, vale essas aventuras,nada é perfeito,hehehehe

joão vitor disse...

Amei, vale essas aventuras,nada é perfeito,hehehehe