14/09/2010

Quem já tá com saudades levanta a mão!

Londrina não tem 30 pessoas. Essa foi uma das sensações que tive depois desses três dias de prévias. A Cobertura Colaborativa era o que estava faltando para costurar toda essa efervescência que eu, pelo menos, via e sentia aqui na cidade, mas não conseguia canalizar muito bem.

Sexta-feira, quando cheguei (atrasada, com a minha xará, Tati) no Alona, me vi no meio de um furacãozinho. Era estranho não receber tarefas específicas como nos outros trabalhos que fiz, não conhecer a maioria das pessoas eee, acreditem, falar de música.

Sim, eu amo música e compartilho da sensação que a Rebeca teve em relação ao filme "Quase Famosos". Mas foi difícil, depois de três anos escrevendo aqueles textos jornalísticos quadradões e ensaios acadêmicos, traduzir livremente tudo o que borbulhava em minha cabeça. O exercício, no entanto, foi positivo e eu já até sinto vontade de voltar a postar no meu pobre e abandonado blog.

Neste fim de semana, conheci gente muito boa e dedicada no que faz. Fiquei impressionada com o carisma, talento e bom humor dos meus amigos colaboradores e de toda a equipe do festival.

Só que passou tão rápido, não é gente! Quando estava entrando no clima, acabou. Mas só por enquanto... Mal posso esperar por outubro!

E, enquanto o Demo Sul não vem, algumas fotos dos bastidores da noite mais fofuxa das prévias ee da abertura da urna. Huhuhu!


3 comentários:

Gabriel Ruiz disse...

Genial Tati. Fotos ótimas, que bom que vc estava conosco para retratar um momento de descontração, quando todos os shows já haviam acabado e, produção e colaborativa, se reuniam para fazer piadas, mostrar opiniões e abrir a urna. Foi um dos momentos mais marcantes! O mais legal ainda é que seu texto complementa o ensaio, demais! Curti muito as fotos mesmo, cada um, as expressões, enfim. Ficou FODA!
Vc tem unm grande futuro profissional pela frente! Seja bem vinda!

RENA TA CABRERA disse...

Tati^^ Que fotos engraçadas, não?! uhauahuhUHAUHAU, rolou até aquelas risadas em frente ao PC, com todo mundo aqui no trampo perguntando os motivos(...). Gostei bastante quando você escreveu sobre o lance de canalizar. Tive uma sensação semelhante a esta e tenho de concordar contigo. E olha que este só foi um ensaio! É isso. Até!

Tatiana Ribeiro disse...

Obrigada pelas palavras, Gabriel! Muito bom fazer parte de um projeto como esse, no qual eu acredito pra caramba!

E Re (olha a intimidade), lembrei que eu já te conhecia por texto.. heheh. Editei uma matéria tua para o ComTexto que, aliás, era sobre o Demo Sul. Um prazer ter te conhecido, senhorita Cabrera!